Parceiros do blog - Clique e ajude a manter o blog no ar

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Acadêmicos do Curso de Agronomia realizam ação social


No dia 27/08/2016, os acadêmicos da primeira turma do curso de agronomia do Cesurg/Marau realizaram uma ação social através do plantio de cem mudas de árvores frutíferas nativas da região.
O trabalho foi concretizado com o apoio da empresa BRF e do Departamento de Meio Ambiente (DEMA) do município, e a condução dos trabalhos, bem como definição das técnicas de plantio e tratos culturais ficaram a cargo dos alunos.
O projeto tem por objetivo a implantação de uma cortina vegetal junto à uma estação de tratamento de esgoto cloacal do Bairro Constante Fuga, além da recuperação de uma área onde havia um canal para condução de água até a empresa Fuga Couros S/A. Com o fechamento do canal por motivos de saúde pública, restou a área com solo desprotegido e vulnerável à erosão.
A ação busca mitigar os danos ocasionados pela erosão hídrica, além de reduzir o impacto visual e odores provenientes da estação de tratamento, bem como servir para alimentar a fauna do local e moradores da área vizinha, uma vez que as espécies plantadas são em sua totalidade compostas por frutíferas nativas como guabijú; guabiroba; pitanga e cereja.
As atividades no local envolvem além do plantio, o acompanhamento pelo período de quatro anos do desenvolvimento das mudas, através de replantios; capinas; cuidados com insetos prejudiciais (principalmente formigas), com o objetivo de viabilizar no mínimo 90% das mudas em bom estado ao final do período.

Assessoria de comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

Inicia nesta quarta-feira, 31, as atividades da Semana da Pátria em Palmeira das Missões

Tem início na tarde desta quarta-feira, 31, às 16h30min, as atividades alusivas à Semana da Pátria 2016 em Palmeira das Missões.
A abertura se dá com a solenidade de acendimento do Fogo Simbólico na Escola Estadual de Ensino Fundamental Cacique Neenguiru, pelos representantes da Liga de Defesa Nacional, Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, 20ª Coordenadoria Regional de Educação, Secretaria Municipal da Educação, 4º Pelotão de Bombeiro Militar, 39º Batalhão de Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, Grupo de Escoteiro Cacique Sepé Tiarajú, Sindilojas, alunos, professores e funcionários das Escolas Estaduais, representantes de entidades municipais e comunidade em geral.
A semana da pátria 2016 tem como tema nacional “Centenário da Liga da Defesa Nacional”, estadual “Um século de Civismo” e municipal “Palmeira das Missões preservando a ética e o civismo”.
As atividades estão ao encargo dos organizadores 20ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões, através da Secretaria Municipal de Educação e da Liga de Defesa Nacional.

Assessoria de Comunicação
20ª Coordenadoria Regional de Educação
Fone: (55) 3742-9065 e 9913-4422
+ Mais Informações ››››››

Acadêmicos do CESURG marcam presença na Expointer

Contando com a participação de mais de 2 mil expositores reunidos em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre, RS, foi aberta oficialmente a Expointer no último sábado, 27 de agosto. Buscando marcar a presença do CESURG no evento anual, mais de 50 acadêmicos dos cursos
de Agronomia e Medicina Veterinária da unidade de Sarandi puderam acompanhar o primeiro dia de exposição, mantendo contato com o que há de mais moderno no agronegócio brasileiro.
De acordo com a professora Engª. Agrª. Janine Pilau, coordenadora do curso de agronomia do CESURG, o contato com novas tecnologias é algo muito proveitoso para os acadêmicos de ambos os cursos, uma vez que traz a oportunidade de ter uma nova visão da área. “Um evento como a
Expointer, que é a maior exposição agropecuária da América Latina, só tem a contribuir com o aprendizado dos alunos”, afirma ela. “A feira engloba o que há de melhor na genética das diferentes espécies de animais, além das tecnologias mais avançadas para o desenvolvimento do campo”.
Ainda segundo Janine, a Expointer demonstra a força que a agropecuária tem para o Rio Grande do Sul e para o país, bem como a sua importância para a economia. “O agronegócio movimenta anualmente em torno de 22% do PIB do Brasil e é responsável pela geração de quase 37% dos empregos em 2016”, diz ela, concluindo em seguida: “Ter noção da grandeza dessa área é crucial para os profissionais que querem ingressar no mercado de trabalho”.
A Expointer abrange uma variada gama de produtos e serviços, como máquinas, implementos, produtos relacionados à agropecuária e exposição e comercialização de reprodutores das diferentes espécies de animais domésticos, estendendo-se até o dia 4 de setembro.

Fonte:Assessoria CESURG
Foto: Divulgação Expointer
+ Mais Informações ››››››

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Vereador é encontrado sem vida em sítio no Novo Barreiro

O servidor público municipal e vereador de Novo Barreiro, Claudir João Ludvig, mais conhecido como gordo, foi encontrado na manhã de hoje dia 30 de agosto, enforcado em sua propriedade na localidade de Três Passinhos em Novo Barreiro.
Claudir tinha 42 anos e era funcionário público a muitos anos, e foi eleito vereador para o período de 2012 a 2016. Nas próximas eleições, não disputava vaga na Câmara municipal. O Velorio esta ocorrendo na capela mortuária da funerária Rainha da Paz, celebração de despedida e sepultamento serão realizados amanha, quarta-feira.

+ Mais Informações ››››››

Curso de Agronomia aborda assuntos pontuais em palestra

A primeira turma do Curso de Agronomia do CESURG - campi Marau, realizou neste sábado, dia 27, duas palestras na disciplina de
Introdução à Agronomia.
A primeira palestra foi proferida pela Zootecnista Me. Valdéria Biazus, sobre Integração Lavoura x Pecuária, e a segunda palestra sobre Controle de Helicoverpa armigera em soja e pontes verdes (milho, aveia, azevém, nabo e canola), realizada pela Eng. Agr. Me. Crislaine Sartori Suzana, bem como sobre os trabalhos de pesquisa e extensão de ambas as palestrantes durante o mestrado e agora no doutorado.
A próxima palestra será realizada no sábado dia 17, sobre Controle de Phakopsora pachirhizi com diferentes volumes de calda na cultura da soja.


Assessoria de comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

Vereador é encontrado morto em Novo Barreiro - RS

O servidor público municipal e vereador de Novo Barreiro, Claudir João Ludvig, mais conhecido como gordo, foi encontrado na manhã de hoje enforcado em sua propriedade na localidade de três passinhos em Novo Barreiro.
Claudir tinha 42 anos e era funcionário público a muitos anos, e foi eleito vereador para o período de 2012 a 2016. Nas eleições próximas eleições, não disputava vaga na Câmara municipal. O Velorio esta ocorrendo na capela mortuaria da funeraria Rainha da Paz, celebração de despedida e cepulatamento serão realizados amanha, quarta-feira.

+ Mais Informações ››››››

20ª CRE Região de Palmeira das Missões comemora sete projetos entre as primeiras colocações na 13ª MEP de Santa Rosa


A 20ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), de Palmeira das Missões, participou da 13ª Mostra das Escolas Estaduais de Educação Profissional (MEP), com 14 projetos oriundos das Escolas Estaduais Palmeira das Missões (Polivalente) e Celeste Gobbato de Palmeira das Missões, Dr Dorvalino Luciano de Souza de Cerro Grande, Ângelo Beltramin de Pinhal, José Cañellas de Frederico Westphalen e Visconde de Taunay de Iraí. A Mostra encerrou na tarde da sexta-feira, 26, no Instituto Federal Farroupilha, em Santa Rosa, com a premiação dos vencedores.
Os trabalhos vencedores foram escolhidos a partir das notas emitidas por uma comissão de avaliadores vindos de universidades e instituições ligadas à Educação Profissional, sendo que receberam troféus os primeiros, segundos e terceiros colocados. Os vencedores classificam os trabalhos para a Feira Estadual de Ciência e Tecnologia da Educação Profissional (Fecitep).
Da abrangência da 20ªCRE sete projetos ficaram entre as três primeiras colocações, sendo três em primeiro lugar, três em segundo e um em terceira colocação. O interlocutor da Suepro na região, Eguemar Luiz Boelter, parabenizou alunos e professores participantes da 13ª MEP, ressaltou que só em participar com projetos todos são vencedores e frisou: "A Educação Profissional em Eventos como a MEP oportuniza espaços de formação de cidadãos empreendedores, sujeitos comprometidos com seu processo formativo , dispostos a trabalhar no universo da pesquisa e iniciar suas atividades no mundo do trabalho".
+ Mais Informações ››››››

Usina solar da Creluz deve começar a operar em setembro

Complexo, que funcionará em ciclo combinado, é o primeiro de geração de energia verde do Rio Grande do Sul e um dos únicos do país.

O Rio Grande do Sul está prestes a ver em funcionamento a primeira usina com produção de energia totalmente verde, obtida por meio da luz solar. O empreendimento assinado pela Creluz está localizado às margens da BR-386, no entroncamento da rodovia com a BR-158, em Boa Vista das Missões e é ainda um dos primeiros desta modalidade no país. Com obras em 2 hectares, iniciadas em abril, a previsão da cooperativa é colocar a primeira fase em operação experimental até o final de setembro de 2016.

Veja a reportagem em vídeo aqui

Enquadrada no setor de regulamentação como de microgeração, vai funcionar em ciclo combinado com a Usina Hidrelétrica Carlos Bevilacqua, instalada em Seberi. A primeira fase deve atender a todo o consumo interno de energia da cooperativa, abastecendo fábricas, escritório e as próprias usinas hidrelétricas do grupo, que hoje são seis. “Estamos fazendo essa usina com todas as condições para geração integrada, que vai atender ao consumo da Creluz”, reforça o presidente da instituição, Elemar Battisti.

Para viabilização da primeira etapa foram investidos R$ 4 milhões, sendo 50% de recursos próprios da Creluz e 50% financiados com taxas especiais pela Sicredi Alto Uruguai RS/SC, parceira do projeto. “O valor foi aplicado na compra da área, material e mão de obra. Grande parte de postes, palanques, calçamento e tudo o que requer concreto foi fabricado pela cooperativa. Não estamos destruindo matas, nem águas, não tem qualquer impacto ambiental, pelo contrário, a cooperativa está cuidando de todos os taludes, gramas e o que mais é necessário para uma obra sustentável”, complementa Battisti.

Energia limpa

Quando iniciar a produção de energia, o empreendimento terá a mesma capacidade de produção da Usina Hidrelétrica Tereza Bortolini, de Novo Tiradentes, que é de 250 KW pico. Vai funcionar com a captação de energia solar por meio de 1.008 placas, instaladas para o norte, com total aproveitamento da luz do sol. “Os painéis têm tecnologia alemã, foram fabricados na China e já estão no Porto de Rio Grande, aguardando detalhes como padronização do Inmetro e questões tributárias”, destaca.

Totalmente tecnológico, o complexo será operado por celulares e tablets, via fibra ótica. “Quando iniciarmos, até mesmo o sistema de segurança vai ocorrer por meio de câmeras. A usina praticamente não requer manutenção, apenas uma vez por ano será feita a limpeza das placas. Esta iniciativa faz parte da nossa filosofia que é de produzir energia totalmente verde”, finaliza o presidente da Creluz.

A fase B, que ainda será implementada, terá um investimento de mais R$ 2 milhões, funcionando com mais 1.600 placas solares, e terá a produção energética voltada para o mercado. Na totalidade, a capacidade do empreendimento deverá chegar a 0,7 megawatts de energia totalmente limpa.
Por: Márcia Sarmento - marcia.sarmento@folhadonoroeste.com.br
Fotos - Márcia Sarmento
+ Mais Informações ››››››

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Agência do Crehnor em S. Pedro das Missões assaltada no início da tarde


A agência do Crehnor de São Pedro das Missões, foi assaltada no início da tarde desta segunda-feira. Segundo informações quatro elementos usando mascaras entraram na agencia quando havia alguns clientes e anunciaram o assalto. Em ação rápida , fugiram num automóvel Fiesta e arrancaram em direção a saída da cidade.
Segundo um transeunte que viu a movimentação,mesmo de longe, disse que os homens armados usavam mascaras e arrancaram em alta velocidade.Três elementos saíram do banco.
A Brigada Militar foi acionada e saiu nas buscas dos assaltantes localizando o automóvel usado no assalto abandonado próximo as três pistas (BR386) em direção a Sagrada Família. Mesmo tendo clientes dentro da Agencia ,ninguém saiu ferido e a quantia roubada não foi informada.
As policias estão em alerta na região para a possível localização dos elementos.


+ Mais Informações ››››››

TCE-RS sedia Encontro Nacional do IRB – Região Sul

Nesta quinta e sexta-feira (1º e 02), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) sediará o Encontro Nacional do Instituto Rui Barbosa (IRB) – região Sul, que terá como tema específico o trabalho das Ouvidorias e das Corregedorias. O evento reunirá presidentes e técnicos dos Tribunais de Contas do Brasil.
A cerimônia de abertura ocorre às 9h de quinta-feira (1º), com a presença do presidente do TCE-RS, conselheiro Marco Peixoto, dos presidentes do IRB, conselheiro Sebastião Helvécio, da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Valdecir Pascoal, da Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (Abracom), Thiers Montebello, da Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros-Substitutos dos Tribunais de Contas (Audicon), ministro substituto Marcos Benquerer, além de Ruben Quijano, representando o Secretariado permanente dos órgãos de controle da República Argentina.
A partir das 10h30, o professor Martônio Montalverne, da Universidade de Fortaleza, irá proferir a palestra “Ética e Política – Spinoza e o Moralismo no governo civil”. Encerrando a manhã do primeiro dia de encontro, o conselheiro Ari Moutinho, do TCE-AM, falará sobre ações de combate à corrupção. As palestras são abertas ao público interessado, não sendo necessária inscrição prévia.
Ao longo do dia, os participantes poderão conferir apresentações sobre a Lei de Acesso à Informação (LAI), os dados abertos e a transparência nos TCEs, com cases do TCE-RS e do TCE-MT.
Na sexta-feira (02), as palestras iniciam às 08h30. As apresentações programadas tratarão de assuntos pertinentes ao tema do encontro.
O evento ocorrerá no auditório Romildo Bolzan, na sede do TCE-RS, localizada na Rua Sete de Setembro, 388, Centro Histórico de Porto Alegre.

Confira a programação completa clicando em: https://libano.tce.mg.gov.br/eeventos/encontronacionaldoirb/3478

Assessoria de Comunicação Social - TCE-RS
Contatos: (51) 3214 9870 e 9871
(51) 3214 9705 e (51) 9917 9642
Portal TCE: www.tce.rs.gov.br
Siga-nos em www.twitter.com/tcers

+ Mais Informações ››››››

Assalto na Crenhor de São Pedro das Missões

Assalto na Crenhor de São Pedro das Missões na tarde desta segunda feira ,por volta das 13:10  4 homens armados com revólveres entraram na agência e anunciaram o assalto levando uma quantia em Dinheiro ainda não revelada havia várias pessoas no momento do assalto a onde os assaltantes fizeram deitar no chão ,logo após trancaram os clientes e a gerente no banheiro e fugiram em um carro de cor prata alta velocidade em direção a BR 386 , a Polícia está investigando até o momento não foi localizado os assaltantes.
Fonte:Rádio Comunitária Camponesa de São Pedro das Missões.

Mais informações no Blog da Rádio Comunitária Liberdade
+ Mais Informações ››››››

Cursos de Agronomia e Medicina Veterinária do CESURG realizarão I Semana Acadêmica

Discutir os diversos segmentos da Agronomia e da Medicina Veterinária e colocar os acadêmicos e comunidade interessada em contato com profissionais atuantes na área. Esses são alguns dos objetivos da I Semana Acadêmica dos Cursos de Agronomia e Medicina Veterinária do CESURG, unidade Sarandi.
O evento está sendo organizado pelos coordenadores de ambos os cursos, Janine Pilau (Agronomia) e Henrique Silla Lopes de Almeida (Medicina Veterinária) e acontecerá de 12 a 16 de setembro nas dependências do CESURG.
As atividades também serão destinadas aos profissionais das respectivas áreas. As inscrições poderão ser feitas na secretaria do CESURG, ao valor de R$10,00 e 1 KG de alimento não perecível, até as 21:00 do dia 09 de setembro do corrente ano.

Assessoria de Comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

Cultura começa a formar os grãos nas lavouras gaúchas

O clima tem influenciado de forma favorável o desenvolvimento do trigo no Rio Grande do Sul e as lavouras aceleram o processo de floração, alcançando 15% do total implantado no Estado, conforme informações da Emater/RS-Ascar. Já as lavouras de trigo em fase de formação ou enchimento de grãos atingem 2% da área, que é de 766.864 hectares.
A atenção dos produtores está no monitorando de doenças, como ferrugens e manchas foliares e nas adubações de cobertura, em especial nas áreas semeadas no final do período recomendado pelo zoneamento agroclimático.
“Importante destacar que nas próximas semanas a maior parte das lavouras de trigo estará na fase de floração/formação de grão, ou seja, suscetível às baixas temperaturas”, observa o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura, ao lembrar que, ao longo dos anos, geadas neste período têm provocado severos danos à cultura.

Com informações da Emater/RS-Ascar.

+ Mais Informações ››››››

UFFS lança coleção de livros

Obras da coleção "Educação para as relações étnico-raciais" são resultado de pesquisas em parceria com UDESC

Foi realizado nesta semana, o lançamento da coleção de livros "Educação para as relações étnico-raciais", resultado de pesquisas nas áreas da História, da Educação e da Cultura de sujeitos africanos, afrobrasileiros e indígenas, a partir de uma parceria entre UFFS, UDESC, FNDE e MEC/SECADI. O evento aconteceu no Auditório da FAED/UDESC, em Florianópolis.

O professor da UFFS – Campus Erechim, Fábio Feltrin de Souza, é um dos organizadores da coleção. Segundo ele, “a proposta é colaborar com a implementação das Leis Federais nº 10.639/03 e nº 11.645/08, as quais tratam do estabelecimento de diretrizes e bases da Educação Nacional para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática 'História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena', visando à superação do racismo e das desigualdades raciais nos estabelecimentos de ensino e na sociedade em geral”.

A coleção é composta por quatro volumes: Volume 1: Estudos Africanos: questões e perspectivas; Volume 2: Histórias Africanas e Afro-Brasileiras: ensino, reflexões e perspectivas (organizados pelos professores Fábio Feltrin de Souza (UFFS) e Claudia Mortari (UDESC); Volume 3: As relações étnico-raciais na sala de aula: propostas pedagógicas (organizado pelos professores Zoraia Aguiar Bittencourt e Fábio Feltrin de Souza (UFFS); e Volume 4: Protagonismo Indígena na História (organizado pelos professores Fábio Feltrin de Souza (UFFS) e Luisa Wittmann (UDESC).

A coleção também será lançada no dia 19 de outubro, durante a abertura do II Colóquio de História e Linguagens, na UFFS – Campus Chapecó. Ainda estão sendo organizados lançamentos na UFFS – Campus Erechim, na Unicamp e no III Congreso de Estudios Poscoloniales y IV Jornadas de Feminismo Poscolonial, que acontece de 12 a 15 de dezembro em Buenos Aires, na Argentina.
Fonte: JBD
Saiba mais sobre Livros e Bibliotecas visitando nosso Blog CLIQUE AQUI
+ Mais Informações ››››››

Sem acordo, trabalhadores da JBS podem iniciar greve a partir desta segunda-feira

Terminou sem acordo a reunião de sexta feira (26) entre a patronal e os trabalhadores da JBS. Conforme o sindicato da alimentação de Passo Fundo, a posição da empresa permanece em 8% de reajuste, sendo que o exigido pela categoria é a inflação de 9,83%. Além do reajuste inferior, os salários não registram aumento há 16 meses.

Com a proposta recusada, a categoria discutirá em assembleia a paralisação das atividades na segunda-feira (26). As negociações entre o sindicato da alimentação e a JBS iniciaram há vários dias, sendo que desde a semana passada os trabalhadores entraram em Estado de greve, quando podem parar as atividades a qualquer momento.
Fonte: RDU
+ Mais Informações ››››››

Morango - cresce implantação do sistema protegido na região

A produção de morangos na região do Alto Uruguai tem migrado direto do solo para o sistema protegido. Vários municípios estão cultivando em bancada, como Erval Grande, Áurea, Estação, Getúlio Vargas, Erechim.

Entre as vantagens está a diminuição da penosidade do produtor que pode trabalhar em pé e não mais agachado, facilitando o manejo. Além disso, como o plantio é feito no substrato, praticamente as doenças são eliminadas.

De acordo com o agrônomo da Emater Regional, Nilton Cipriano de Souza, a estrutura é semelhante a estufa, porém esta é fechada nos quatro cantos e a bancada é fechada somente na parte superior. “O morango é todo plantado num substrato, saslab, colocado em cima da estrutura de até 40 metros de fila”.

Com relação ao custo, o que encarece é a irrigação. Souza diz que o sistema precisa da caixa com água de 5 ou 10 mil litros, motobomba e a canalização. “Hoje para produzir uma estufa de 5 metros de largura por 40 m de comprimento o custo aproximado é de R$ 12 mil”.

Com relação a área cultivada em bancada são cerca de 2,5 hectares produzindo em torno de 18 toneladas de morango – a produção varia conforme a estrutura e o tamanho.

Diretamente no solo os produtores estão abandonando, mas ainda há cerca de 2 hectares em produção, com uma produção cerca de 30% inferior.

Souza salienta que uma vez instalado o sistema protegido, a produção ocorre o ano todo. “Esse sistema permite controlar melhor a produção”, diz.

Toda produção regional é comercializada na região.

Saiba mais sobre Ecologia, Meio Ambiente e Tecnologias Ecologicamente corretas visitando o Blog O AMBIENTALISTA
+ Mais Informações ››››››

Copa Sul de Arrancadas - Sábado foi para aquecer os motores

À tarde de sol e calor levou vários pilotos e aficionados pelo esporte para a Pista do Nonoai Automóvel Clube neste sábado, (dia 27/08). Vários pilotos que estão participando da Copa Sul de Arrancadas aproveitaram à tarde com temperaturas na casa dos 35 graus para reconhecimento da pista e a regulagem dos motores.
Depois de ser adiada por duas vezes em virtude do mau tempo, finalmente a 4ª Etapa será realizada em Nonoai neste domingo, dia 28.
De acordo com os organizadores, estão sendo esperados entorno de 50 pilotos. Eles estarão competindo em 9 categorias, entre eles, Dianteira Turbo – DT 4c, Dianteira Aspirado – DA 4c, Traseira Turbo – TT 4c, Traseira Aspirado – TA 4c, Traseira Turbo – TT 6 e 8 c, Traseira Aspirado – TA – 6 e 8 c, Desafio Super, Desafio Street Turbo, Desafio Street Aspirado. As provas iniciam por volta das 13 horas.
Conforme o calendário, a sexta etapa da Copa Sul ocorre dia 9 de outubro em Guaporé e a final está marcada para Passo Fundo dia 27 de novembro.  Fonte: PN
+ Mais Informações ››››››

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

20ª CRE Região de Palmeira das Missões expõe 14 projetos na 13ª Mostra da Educação Profissional em Santa Rosa


Com o tema “Transformando desafios em negócios vencedores em nossa região”, a 13ª Mostra das Escolas Estaduais da Educação Profissional (MEP/2016), teve início na noite da quarta-feira, 24, no Instituto Federal Farroupilha, em Santa Rosa. O evento, que segue até a sexta-feira, 26, é uma promoção da Superintendência da Educação Profissional do RS (Suepro / Seduc) e realização do sétimo núcleo composto pelas Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) 17ª de Santa Rosa, 20ª de Palmeira das Missões e 21ª de Três Passos.
De acordo com o interlocutor da Supero na região, Eguemar Luiz Boelter, a mostra visa oportunizar um espaço para exposição, apresentação e discussão dos trabalhos, estudos e projetos científicos elaborados por estudantes e professores da rede pública estadual de Educação do Estado do Rio Grande do Sul que tenham realizado uma investigação sobre fenômeno ou tema relacionado á temática da edição.
A 20ª CRE participa da Mostra com 14 projetos com enfoque nos eixos: Desenvolvimento Educacional e Social, Infraestrutura, Gestão e Negócios, Informação e Comunicação, Ambiente e Saúde, Recursos Naturais e Meio Ambiente. Mais de 55 pessoas entre estudantes e professores estão envolvidos e comprometidos com a 13ª MEP, de Santa Rosa.
Em sua visita aos estandes a coordenadora da 20ªCRE, Ana Possebon Perusso, parabenizou alunos e professores e disse que a Mostra é o resultado do estudo e da pesquisa desenvolvidos no espaço das escolas públicas. “Estamos orgulhosos deste trabalho que nasceu da criatividade de nossos alunos e do empenho de nossos professores. São projetos inovadores”, disse.
O Diretor Administrativo da Suepro, Carlos Vilmar de Brum, representou o secretário Alcoba, agradeceu o prefeito anfitrião, Alcides Vicini, pela acolhida dos alunos da rede estadual e parabenizou as coordenadorias de Educação pela realização do evento. “O Estado do Rio Grande do Sul se orgulha pelo trabalho, dinamismo, empenho e espírito de equipe que têm as coordenadorias para que esse trabalho tenha êxito”, disse ao também ressaltar o trabalho dos interlocutores.
Brum ainda parabenizou as direções, professores e funcionários das escolas técnicas pelo trabalho desenvolvido junto aos alunos. “A contribuição de vocês faz com que a Educação Profissional no Estado caminhe a passos largos. A 13ª Mostra é uma sequencia que vem a cada ano apresentando resultados diferentes e significativos. Este núcleo tem um resultado fantástico, com alunos que estiveram no exterior e tudo é resultado do trabalho científico e tecnológico com início nas MEPs. Nosso reconhecimento, nossa gratidão em nome da Seduc e do Governo do Estado do Rio Grande dos Sul”, falou.
Após o Diretor fez um resgate do que é a Educação Profissional no Estado e falou dos investimentos que o Governo do Rio Grande do Sul vem realizando nessa modalidade e ressaltou “os objetivos são alcançados se fizermos investimentos e o Estado vem investindo para que se a Educação Profissional se expanda cada vez mais”.
Da abrangência da 20ªCRE participam da 13ª MEP, em Santa Rosa, as Escolas Estaduais Palmeira das Missões (Polivalente) e Celeste Gobbato de Palmeira das Missões, Dr Dorvalino Luciano de Souza de Cerro Grande, Ângelo Beltramin de Pinhal, José Cañellas de Frederico Westphalen e Visconde de Taunay de Iraí.
Fotos em anexo
 
Crédito: Jô do Carmo – ACS/20CRE
+ Mais Informações ››››››

Esclarecimento - Publicado a pedido


logo iniciativa.jpg                                         
INFORMATIVO PARA A IMPRENSA
ML&A Comunicações
Mariana Faria/ Fernanda Elen
Tel: (11) 99508-5467/ 3811-2820 – r. 833


São Paulo, 24 de agosto de 2016 – A Iniciativa 2,4-D, grupo formado pelas empresas Atanor, Dow AgroSciences e Nufarm para gerar informação técnica sobre o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, teve acesso ao texto “'Epidemia de câncer'? Alto índice de agricultores gaúchos doentes põe agrotóxicos em xeque”, publicado no site da BBC Brasil e reproduzido pelo portal da rádio, e gostaria de esclarecer algumas informações.


Erroneamente, o herbicida 2,4-D tem sido associado aos efeitos negativos do Agente Laranja, utilizado como desfolhante na Guerra do Vietnã. O 2,4-D foi um dos componentes do Agente Laranja, juntamente com outra molécula do grupo fenoxi, o 2,4,5-T. Pesquisadores concluíram que o 2,4,5-T foi o elemento de preocupação no Agente Laranja, em função de possível contaminação por dioxina. Como resultado, sua comercialização foi descontinuada há mais de 25 anos (produção e registro), enquanto o 2,4-D continua a ser um dos herbicidas mais confiáveis e utilizados em todo o mundo.

Com mais de 40 mil estudos conduzidos por diversas instituições de pesquisas acadêmicas e governamentais de diferentes nações, o 2,4-D possui registro em cerca de 100 países, incluindo o Brasil, e não é proibido em nenhum lugar do mundo.

Sobre a Iniciativa 2,4-D

A Iniciativa 2,4-D tem como propósito gerar informação técnica sobre o uso correto e seguro de defensivos agrícolas, além de apoiar projetos que abordem esta questão, como o Projeto “Acerte o Alvo – evite a deriva na aplicação de agrotóxicos”, realizado no Paraná. O foco é educar o produtor sobre a importância da utilização correta de tecnologias que garantam a qualidade da aplicação dos defensivos agrícolas. O grupo defende que o uso adequado das tecnologias de aplicação e a precaução para evitar a deriva são essenciais para garantir a eficácia e a segurança ambiental na utilização de defensivos agrícolas. A Iniciativa 2,4-D se apresenta como fonte de informação e esclarecimento, que, apoiada por estudos acadêmicos, visa desmistificar o emprego do 2,4-D.

Visite: www.iniciativa24d.com.br



http://mla.com.br/clientes/mla/assinaturas/2013/nomes/fernanda.jpg

+ Mais Informações ››››››

Coordenadoria participa da abertura da 32ª Mateada de Erval Seco


A Mateada em Praça Pública de Erval Seco é um dos maiores evento alusivo à cultura tradicionalista gaúcha na região, sendo Patrimônio Cultural do Estado do Rio Grande do Sul. A 32ª edição do evento, promovido pela Escola Estadual de Ensino Médio Olívia de Paula Falcão e CTG Mate Amargo, teve sua solenidade de abertura na quinta-feira, 18, e foi acompanhada por centenas de pessoas. A 20ª Coordenadoria Regional de Educação, de Palmeira das Missões, esteve presente com a Chefia do RH, Rejane Conceição, Judilubia Ciprandi e assessora Ivanete Zachert e da assessora do Gabinete, Jô do Carmo.
De acordo com a diretora da Escola Olívia de Paula Falcão e presidente da comissão organizadora, Rosane Oliveira Castro, a Mateada vive o espírito de comunidade, sendo que um dos diferenciais desta edição é o entretenimento com a realização das gincanas, apresentações culturais e o primeiro Mate Canto, que valoriza os talentos locais.
A gestora ainda destacou os 61ª aniversário da Escola. O educandário foi homenageado com a apresentação da Banda Marcial Falcão, que executou entre outras canções o hino da escola. Os que contribuíram para a história do educandário como o compositor do hino e ex-diretores também foram citados. “Nossa escola completa 61 anos, mas os aplausos são para todos que fazem parte dessa caminhada”, disse a diretora.
O presidente do CTG local e vice-presidente da comissão, Alexandre Casarin, destacou a importância do evento. “A Mateada é um encontro de amizades, realizada em comunhão através de um espírito de parcerias”, ressaltou.
+ Mais Informações ››››››

1ª Olimpíada Rural CESURG será realizada em setembro

Competição busca promover a integração entre acadêmicos das unidades de Sarandi e Marau, além de resgatar tradicionais jogos e brincadeiras Marcada para o próximo dia 3 de setembro, a primeira edição da Olimpíada Rural será mais um grande evento promovido pelo CESURG, destinada a promover a integração da instituição com a comunidade e com a família de cada participante, reunindo acadêmicos de todos os cursos das unidades de Sarandi e Marau.
Para um dos idealizadores da competição, o coordenador do curso de Medicina Veterinária Henrique Silla Lopes de Almeida, os jogos também terão outro importante objetivo: ""Vamos provocar os acadêmicos a competir em modalidades que fizeram parte da infância de todos e eram motivo de muita diversão", afirmou o professor. "Algumas delas serão basicamente o que a gurizada costumava jogar na infância, como a corrida de carrinho de lomba e o tiro ao alvo de bodoque".
Ao todo, haverá outras sete modalidades além das duas citadas, como o mais veloz comedor de bergamota, o "futchebol", cabo de guerra, corrida de saraquá, truco, prego na tábua e "alguns metros rasos de pé no chão", que será uma prova de velocidade entre corredores descalços.
Toda a competição será sediada na unidade de Sarandi, em local apropriado para a realização das provas em suas áreas campais. "Claro que poderão surgir dúvidas quanto ao andamento das provas", lembrou o professor Henrique. "Por isso, nos juntamos em um grupo de cinco professores e montamos o que ficou conhecida como Comissão Organizadora, Emblemática, Soberana e Incontestável, chefiada pelo Diretor Presidente Rafael Rossetto".
A Olimpíada Rural foi toda concebida como uma atividade protocolar e institucional, mas sempre preservando um elemento importante, que é a irreverência. O regulamento estará disponível na íntegra dentro de poucos dias para consulta no site do CESURG, onde será possível saber melhor como se darão as provas. "A Olimpíada já vinha sendo planejada há pelo menos dois meses, mas os acadêmicos só ficaram sabendo no início deste semestre. Agora é a vez da comunidade regional conhecer esta ação inovadora", disse Henrique.
Além deste ano, outras edições serão realizadas, tornando a Olimpíada Rural uma tradição do CESURG. "Nós nos sentimos realizados pelo fato de que estamos fundando algo que vai crescer e se fortalecer junto conosco", afirmou o Diretor Presidente Rafael Rossetto. "Conforme passarão os anos, a Olimpíada Rural vai se tornar um patrimônio que nos acompanha ao longo da nossa história", concluiu. Os organizadores convidam a todos os sarandienses para acompanhar e prestigiar as atividades, que serão realizadas no próximo dia 3 de setembro, a partir das 8h, sediadas na unidade do CESURG|SARANDI.
Confira as nove modalidades da 1ª Olimpíada Rural do CESURG
 Grande Prêmio de Velocidade em Carrinho de Lomba Off-Road (GPVCL - Off-Road): Cada turma ficará responsável por construir o seu "Carrinho de Lomba Off-Road", guiada por um piloto e um copiloto devidamente munidos de equipamentos de segurança e tracionado pelos três "empurradores", sendo vedada a motorização dos mesmos;
 Comedor de bergamota: Cada equipe indicará um representante para comer o maior número de bergamotas dentro do tempo estipulado, que será de dois minutos. O que comer mais até o final do prazo, será declarado vencedor.
 "Futchebol": Serão disputadas partidas de "futebol de potreiro" entre equipes com oito atletas, todos devidamente pilchados com botas, esporas, bombachas, guaiaca, camisa do time, lenço, chapéu ou boina, sendo que a modalidade será jogada apenas na categoria masculino.
 Cabo de guerra: Cada equipe participará com 5 atletas.
 Corrida de saraquá: corrida de revezamento intercalada com plantio de milho (Saraquá = bico de pato, pica pau)
 Truco: truco gaudério, disputado em trio.
 Tiro ao alvo de bodoque: Cada equipe indicará um competidor de cada gênero que serão posicionados à 15 passos do alvo. Vencerá quem acertar o maior número de alvos.
 Prego na tábua: Dois competidores por equipe tentarão pregar pregos em uma tábua, mas com um detalhe: enquanto um martela, o outro segura o prego. O tempo total será de 3 minutos, sendo que na metade deste tempo ambos trocarão de posição.
 Alguns metros rasos de pé no chão: As equipes indicarão um competidor de cada gênero para disputar corrida em uma pista previamente traçada.
PREMIAÇÃO: 
Equipes campeãs 1º lugar - Troféu + 1 Costelão + 1 fardo de Guaraná Sarandi 2L
2º lugar - Troféu + 1 ovelha (ou um leitão)
3º lugar - Troféu + 5kg de linguicinha
Para cada prova 1º lugar - Medalha + Cuia do CESURG
2º lugar - Medalha + Cuia do CESURG 3º lugar - Medalha + Cuia do CESURG
Assessoria de Comunicação - CESURG
+ Mais Informações ››››››

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Seguem os ciclos de palestras do Curso de Agronomia no CESURG

A primeira turma do Curso de Agronomia do CESURG, unidade de Marau, realizou no sábado, dia 20, mais uma palestra na disciplina de
Introdução à Agronomia.
A palestra intitulada “Gestão Ambiental” foi proferida pela Eng. Agr.
Me. Sara Passos, que também explanou sobre sua experiência na extensão e pesquisa, bem como seu trabalho de mestrado sobre o Cultivo Orgânico de Batata.
As palestras seguem aos sábados, durante a disciplina, as quais abordarão temas como Integração Lavoura x Pecuária, Controle de Helicoverpa armigera na soja, Controle de Phakopsora pachirhizi com diferentes volumes de calda na soja, Controle de Plantas Daninhas e Ética e Perfil Profissional, organizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA/RS).

Assessoria CESURG
+ Mais Informações ››››››

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CESURG sorteia mais três bolsas de estudo em Barra Funda


Pela segunda vez, bolsas de estudo são sorteadas em espetáculo artístico apresentado no município.
O Spetacollo Tum Tum deste ano novamente foi palco de uma ação do CESURG na região. Três bolsas de estudo nos valores de 100%, 50% e 25% foram sorteadas entre as mais de 15 mil pessoas que compareceram no evento e se inscreveram para concorrer. Esta foi a segunda vez que o CESURG
sorteou bolsas de estudo em apresentações artísticas no município.
O prêmio mais aguardado, a bolsa de estudo de 100% para qualquer curso, foi para Alexandre Poletti, enquanto que Cleitom Bach levou a de 50% e Rodrigo Barbian a de 25%, sendo que os três são moradores de Barra Funda. “Para nós, é uma honra poder promover uma ação como essa, tendo
em vista que não serão somente esses jovens que ganharão, será toda a comunidade por poder contar em breve com mais profissionais capacitados”, disse o diretor presidente Rafael Rossetto.
O CESURG parabeniza os contemplados no sorteio e agradece a todos os que participaram.
Legenda: O sorteio foi realizado no último dia de apresentações do Spetacollo Tum Tum.

Assessoria de Comunicação - CESURG
+ Mais Informações ››››››

Curso de Agronomia do CESURG promove Ciclo de Palestras

A primeira turma do Curso de Agronomia do CESURG, unidade de Marau, realizou no sábado, dia 13, uma palestra na disciplina de Introdução à Agronomia, lecionada pela docente e coordenadora do curso, Eng. Agr. Me. Paloma Sexto.
A palestra intitulada “Perfil e Atuação do Engenheiro Agrônomo na área de Solos”, foi proferida pelo Eng. Agr. Me. Maurício Tonello, que também explanou sobre sua experiência na extensão e pesquisa, bem como seu trabalho de mestrado e atualmente no doutorado.
As palestras serão realizadas aos sábados, durante a disciplina, as
quais abordarão diferentes temas como Gestão Ambiental, Pastagens, Pragas na soja, Horticultura, Controle de doenças na soja, Controle de Plantas Daninhas, além de Ética e Perfil Profissional, organizada pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA/RS).

Assessoria de comunicação CESURG
+ Mais Informações ››››››

Atualização das Eleições 2016 - Confira quem são os candidatos da região

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO PARA ACESSAR O LINK DE TODOS OS MUNICÍPIOS DE NOSSA REGIÃO AGORA COM OS DADOS ATUALIZADOS.


+ Mais Informações ››››››

terça-feira, 23 de agosto de 2016

'Epidemia de câncer'? Alto índice de agricultores gaúchos doentes põe agrotóxicos em xeque

Oncologista Fábio Franke vê relação direta entre agrotóxicos e câncer
- Foto: Diogo Zanatta/BBC Brasil
O agricultor Atílio Marques da Rosa, de 76 anos, andava de moto quando sentiu uma forte tontura e caiu na frente de casa em Braga, uma cidadezinha de menos de 4 mil habitantes no interior do Rio Grande do Sul.

"A tontura reapareceu depois, e os exames mostraram o câncer", conta o filho Osmar Marques da Rosa, de 55 anos, que também é agricultor.

Seu Atílio foi diagnosticado há um ano com um tumor na cabeça, localizado entre o cérebro e os olhos. Por causa da doença, já não trabalha em sua pequena propriedade, na qual produzia milho e mandioca.

Para ele, o câncer tem origem: o contato com agrotóxicos, produtos químicos usados para matar insetos ou plantas dos quais o Brasil é líder mundial em consumo desde 2009.

"Meu pai acusa muito esse negócio de veneno. Ele nunca usou, mas as fazendas vizinhas sempre pulverizavam a soja com avião e tudo", diz Osmar.

O noroeste gaúcho, onde seu Atílio mora, é campeão nacional no uso de agrotóxicos, segundo um mapa do Laboratório de Geografia Agrária da USP, elaborado a partir de dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Para especialistas que lidam com o problema localmente, não há dúvidas sobre a relação entre o veneno e a doença.

"Diversos estudos apontam a relação do uso de agrotóxicos com o câncer", diz o oncologista Fábio Franke, coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) do Hospital de Caridade de Ijuí, que atende 120 municípios da região.

Um dos principais problemas é que boa parte dos trabalhadores não segue as instruções técnicas para o manejo das substâncias.

"Nós sempre perguntamos se usam proteção, se usam equipamento. Mas atendemos principalmente pessoas carentes. Da renda deles não sobra para comprar máscaras, luvas, óculos. Eles ficam expostos", diz Emília Barcelos Nascimento, voluntária da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Ijuí.

Anderson Scheifler, assistente social da Associação de Apoio a Pessoas com Câncer da cidade (Aapecan), corrobora: "Temos como relato de vida dessas pessoas um histórico de utilização excessiva de defensivos agrícolas e, na maioria das vezes, sem uso de proteção".

'Alarmante epidemia'

Um estudo realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) comparou o número de mortes por câncer da microrregião de Ijuí com as registradas no Estado e no país entre 1979 e 2003 e constatou que a taxa de mortalidade local supera tanto a gaúcha, que já é alta, como a nacional.

De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), o Rio Grande do Sul é o Estado com a maior taxa de mortalidade pela doença. Em 2013, foram 186,11 homens e 140,54 mulheres mortos para cada grupo de 100 mil habitantes de cada sexo.

O índice é bem superior ao registrado pelos segundos colocados, Paraná (137,60 homens) e Rio de Janeiro (118,89 mulheres).

O Estado também é líder na estimativa de novos casos de câncer neste ano, também elaborada pelo Inca - 588,45 homens e 451,89 mulheres para cada 100 mil pessoas de cada sexo.

Em 2014, 17,5 mil pessoas morreram de câncer em terras gaúchas - no país todo, foram 195 mil óbitos.
Especialistas ligam uso de agrotóxicos à alta incidência de câncer no RS
 - Foto: Diogo Zanatta/BBC Brasil
Especialistas ligam uso de agrotóxicos à alta incidência de câncer no RS - Foto: Diogo Zanatta/BBC Brasil

Anualmente, cerca de 3,6 mil novos pacientes são atendidos na unidade coordenada por Franke. Se incluídos os antigos, são 23 mil atendimentos. Destes, 22 mil são bancados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) - os cofres públicos desembolsam cerca de R$ 12 milhões por ano para os tratamentos.

Segundo o oncologista, a maioria dos doentes vem da área rural - mas o problema pode ser ainda maior, já que os malefícios dos agrotóxicos não ocorrem apenas por exposição direta pelo trabalho no campo, mas também via alimentação, contaminação da água e ar.

"Se esses números fossem de pacientes de dengue ou mesmo uma simples gripe, não tenho dúvida de que a situação seria tratada como a mais alarmante epidemia, com decreto de calamidade pública e tudo. Mas é câncer. Há um silêncio estranho em torno dessa realidade", afirma o promotor Nilton Kasctin do Santos, do Ministério Público da cidade de Catuípe.

"Milhares de pessoas estão morrendo de câncer por causa dos agrotóxicos", acrescenta ele, que atua no combate aos produtos.

Procurado pela BBC Brasil, o Sindiveg (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal), que representa os fabricantes de agrotóxicos, encaminhou o questionamento para a Andef (Associação Nacional de Defesa Vegetal), que responde basicamente pelas mesmas empresas.

Em nota, a Andef afirma que "toda substância química, sintetizada em laboratório ou mesmo aquelas encontradas na natureza, pode ser considerada um agente tóxico" e que os riscos à saúde dependem "das condições de exposição, que incluem: a dose (quantidade de ingestão ou contato), o tempo, a frequência etc.".

O texto afirma ainda que "o setor de defensivos agrícolas apresenta o grau de regulamentação mais rígido do mundo".

Salto no consumo

A comercialização de agrotóxicos aumentou 155% em dez anos no Brasil, apontam os Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (IDS), estudo elaborado pelo IBGE no ano passado - entre 2002 e 2012, o uso saltou de 2,7 quilos por hectare para 6,9 quilos por hectare.

O número é preocupante, especialmente porque 64,1% dos venenos aplicados em 2012 foram considerados como perigosos e 27,7% muito perigosos, aponta o IBGE.

O Inca é um dos órgãos que se posicionam oficialmente "contra as atuais práticas de uso de agrotóxicos no Brasil" e "ressalta seus riscos à saúde, em especial nas causas do câncer".

Como solução, recomenda o fim da pulverização aérea dos venenos, o fim da isenção fiscal para a comercialização dos produtos e o incentivo à agricultura orgânica, que não usa agrotóxico para o cultivo de alimentos.

Márcia Sarpa Campos Mello, pesquisadora do instituto e uma das autoras do "Dossiê Abrasco - Os impactos dos Agrotóxicos na Saúde", ressalta que o agrotóxico mais usado no Brasil, o glifosato - vendido com o nome de Roundup e fabricado pela Monsanto - é proibido em toda a Europa.

Segundo ela, o glifosato está relacionado aos cânceres de mama e próstata, além de linfoma e outras mutações genéticas.

"A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que 80% dos casos de câncer são atribuídos à exposição de agentes químicos. Se os agrotóxicos também são esses agentes, o que já está comprovado, temos que diminuir ou banir completamente esses produtos", defende.

Procurada, a Monsanto afirma que "todos os usos de produtos registrados à base de glifosato são seguros para a saúde e o meio ambiente, o que é comprovado por um dos maiores bancos de dados científicos já compilados sobre um produto agrícola".

A empresa diz ainda tratar-se de "um dos herbicidas mais usados no mundo, por mais de 40 anos e em mais de 160 países", e que "nenhuma associação do glifosato com essas doenças é apoiada por testes de toxicologia, experimentação ou observações".

Três vezes mais

Segundo a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), o brasileiro consome até 12 litros de agrotóxico por ano.

A bióloga Francesca Werner Ferreira, da Aipan (Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural) e professora da Unijuí (Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul), alerta que a situação é ainda pior no noroeste gaúcho, onde o volume consumido pode ser três vezes maior.

Ela conta que produtores da região têm abusado das substâncias para secar culturas fora de época da colheita e, assim, aumentar a produção. É o caso do trigo, que recebe doses extras de glifosato, 2,4-D, um dos componentes do "agente laranja", usado como arma química durante a Guerra do Vietnã, e paraquat.
A agricultura é uma das atividades mais importantes para a economia do noroeste gaúcho
- Foto: Diogo Zanatta/BBC Brasil
Segundo o promotor Nilton Kasctin do Santos, este último causa necrose nos rins e morte das células do pulmão, que terminam em asfixia sem que haja a possibilidade de aplicação de oxigênio, pois isso potencializaria os efeitos da substância.

"Nada disso é invenção de palpiteiro, de ambientalista de esquerda ou de algum cientista maluco que nunca tomou sol. Também não é invenção de algum inimigo do agronegócio. Sabe quem diz tudo isso sobre o paraquat? O próprio fabricante. Está na bula, no rótulo", alerta o promotor.

No último ano, 52 pessoas morreram por intoxicação por paraquat em terras gaúchas, segundo o Centro de Informação Toxicológica do Estado.

No Brasil, 1.186 mortes foram causadas por intoxicação por agrotóxico de 2007 a 2014, segundo a coordenadora do Laboratório de Geografia Agrária da USP, Larissa Bombardi.

A estimativa é que para cada registro de intoxicação existam outros 50 casos não notificados, afirma ela. A pesquisa da professora aponta ainda que 300 bebês de zero a um ano de idade sofreram intoxicação no mesmo período.

A Syngenta, fabricante do paraquat, não se manifestou sobre os casos de intoxicação e afirmou endossar o posicionamento da Andef.

BBCBrasil.comBBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.
Para saber mais sobre Saúde e Meio Ambiente, visite O AMBIENTALISTA
+ Mais Informações ››››››